Psicoterapia em grupo

É cada vez maior o número de pessoas interessadas em ampliar suas possibilidades de experiência, em desenvolver novos sentidos para suas vidas, em aumentar suas capacidades de encontro verdadeiro consigo mesmas, com os outros e com os acontecimentos.

A psicoterapia é um dos caminhos que pode promover o que está acima descrito. A forma de psicoterapia mais conhecida é a terapia individual, mas a psicoterapia em grupo também se mostra uma alternativa viável e produtiva. A escolha por uma ou outra depende do momento em que a pessoa está, de suas características pessoais e de seus anseios presentes.

O grupo consiste em pessoas que se encontram, se afinam de alguma maneira e interagem, criando um espaço de força, de superação, de compartilhar emoções, de poder queixar-se de suas dores e frustrações, de geração de idéias e possíveis ações. No grupo, a pessoa pode encontrar apoio e uma força, que amplia o seu próprio ser, e depois sozinho, fica mais forte, mais inteiro e integrado com a vida.

O grupo funciona de uma maneira potencializadora, pois nele encontramos outros que estão dispostos e disponíveis a ouvir uns aos outros, a dar voz aos segredos que guardamos, a admirar a arte e sensibilidade que guardo em mim.

É neste sentido que o Grupo de Psicoterapia se dedica a existir. Mais que um local ou um espaço de compartilhar e crescer, um encontro entre pessoas que se olham, se ouvem, cantam, dançam, criam, silenciam, se mostram e se escondem, podendo experimentar suas facetas com a segurança que a lealdade e o amor do grupo proporciona.

Ser mais livre, mais autêntico, mais solidário, mais feliz, mais confiante, mais atuante é o que o grupo vai buscar.

Deixe uma resposta